Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Imprimir
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Jantar da Matança)
Salvaterra do Extremo

Quando a carne para os chouriços já foi desossada, salpicam-se os ossos com sal e escolhem-se os que se querem comer nesse dia.
Geralmente preferem-se os da cabeça e da espinha vertebral, deixando os outros para depois, ou utilizam-se todos, conforme o número de comensais e a carne que ficou aderente.
Este prato conhecido por Jantar da matança, dá sopa e 2º prato, tal como se descreve a seguir.

Põe-se uma panela grande com água ao lume. Logo que ferve deitam-se os ossos, 1 cebola grande, bocados de toucinho baixo e couratos, alho pisado com sal (atenção ao sal que eventualmente os ossos tenham) e um chouriço de carne do ano anterior (facultativo). Pouco depois deitam-se as couves tronchas (ou pencas) inteiras a que se tiraram as folhas de fora.
Deixa-se cozer tudo bem, retifica-se o sal e deita-se o caldo sobre pão cortado em fatias que tem um ramo de hortelã dentro de uma terrina grande. Por cima espalham-se farrapinhos da couve, deixa-se abeberar e serve-se.

Logo depois vem, numa travessa grande se possível, a carne com a hortaliça.
Põem-se no meio da travessa os ossos rodeados do toucinho, couratos e chouriço às rodas, se o houver, e finalmente a couve cozida.

Tagged Under