Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

  • '
    '

    Acpp

    Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal

  • '
    '

    Desde 1977

    Representa os Profissionais Portugueses de Cozinha e Pastelaria

  • '
    '

    Formação Profissional Certificada

    Escola Cozinha e Pastelaria

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

MARIA GABRIELA CARDIELLOS
VIANA DO CASTELO

ARROZ DE SARRABULHO     175


Galinha – meia, mas pequena
Carne de vaca, febra – 500 g
Presunto – 200 gramas (duzentas e cinquenta)
Ossos, com carne de porco fresca – por exemplo um osso de suam que tenha carne.
Miúdos de porco – 750 gramas ou seja um bocado de fígado, pulmões, coração, baço e um pouco das chamadas carnes mortas que envolvem a gorja.

Todas estas carnes se põem a cozer na véspera de fazer o arroz, para ficarem muito bem cozidas e se poderem desfiar muito bem (para ficar fibra por fibra). Ao cozê-las, deita-se na água um ramo de salsa, uma cebola inteira, uns grãos de pimenta, 2 cabeças de cravinho, um pau de canela e o sal preciso.
Depois de tudo muito bem cozido, tiram-se as carnes para fora e com o auxílio de dois garfos, desfiam-se muito bem. Côa-se a calda e nela se faz o arroz, juntando-lhe todas estas carnes desfiadas, retificando-se os temperos de sal e juntando-se um bocado de pimenta em pó.

Quando o arroz estiver cozido, junta-se-lhe um pouco de sangue líquido de porco para ficar bem escurinho e deixa-se ferver um pouco mais para cozer o sangue.
Antes de tirar para a travessa, junta-se um bocado de cominhos em pó, mas isto mesmo à hora de tirar, mexendo bem.
É costume servir o arroz com os fritos de: fígado, sangue, pulmões e coração, que são cozidos previamente e depois partidos às fatias finas e temperados com pimenta, alho e limão.

Fritam-se em banha de porco misturado com um pouco de azeite. Para cozer os miúdos para os fritos, tempera-se a água com sal, uma folha de louro, salsa, pimenta e um bocado de vinho branco. Enfeitam-se as travessas com rodelas de limão, folhinhas verdes de loureiro e salsa.

Esqueci-me de dizer que este arroz tem de ficar muito soltinho e tem de se fazer com muito cuidado para não se pegar ao fundo.

 

MLM

 

 

 

 

Acessos: 1142
Tagged Under

Visitantes

Temos 335 visitantes e 0 membros em linha

Morada

Morada: Rua de Sant`Ana à Lapa,
nº 71 C, 1200 - 798 Lisboa.
Telefone: +351 21 362 27 05
Fax: +351 21 362 58 15

Mail / Sites

Geral: acpp@acpp.pt 
Formação: formacao@acpp.pt  
Marketing: marketing@acpp.pt
Site: http://www.acpp.pt
Formação: http://www.acpp.com.pt